Elsie de Wolfe, uma decoradora pioneira

Elsie de Wolfe, uma decoradora pioneira, e uma das mais requisitadas nos EUA. Ela não foi a primeira, mas foi quem desbravou e mudou os rumos da decoração no mundo. Wolfe nasceu em 20 de dezembro de 1865 em Nova York. Ainda criança passou um tempo na Escócia e foi apresentada à corte da rainha Victoria. De volta à América, Wolfe trabahou como atriz profissional durante a maior parte da década de 1890. Segundo a crítica, ela era a atriz mais bem vestida no cenário teatral. Talvez intuindo de que essa não era a sua praia, em algum momento no início de 1900 Wolfe remodelou e redecorou sua própria casa e, em 1905, decidiu concentrar-se em na decoração em tempo integral. Seu primeiro grande trabalho foi o Colony Club em Nova York, frequentado por senhoras de sobrenomes importantes como Astor, Morgan e Whitney. Com a abertura do clube, em 1907, a reputação de Wolfe como decoradora ficou firmemente estabelecida. No início do século XX, grande parte do mundo ainda estava ligado ao estilo vitoriano, pesado e escuro. Wolfe mudou isso concentrando-se em uma decoração feminina, mobiliário mais confortável, mais brilhante e cores mais vibrantes. Para citar Wolfe, “Abri as portas e janelas da América ao deixar entrar o ar e a luz do sol.” Ela é conhecida por seu design prático, eliminando grande parte do “rebuscamento” do design vitoriano, tornando a vida dentro de casa mais fácil. A ela também é creditada a criação do “cocktail party”, assim como a criação das espreguiçadeiras, estampas de animais, bem como revestimentos diferentes e de materiais mais leves em paredes e móveis. Seus clientes eram nomes importantíssimos na cidade, do calibre de Amy Vanderbilt , Anne Morgan , o Duque e a Duquesa de Windsor, e talvez o seu maior trunfo como decoradora, o casal Henry e Adelaide Clay Frick. Na casa dos Frick funciona um museu maravilhoso e imperdível, o Frick Collection. Em 1926, aos 61 anos, casou-se o aristocrata britânico e diplomata Sir Charles Mendl, tornando-se Lady Mendl. A maioria das pessoas viu isso apenas como um casamento de conveniência para ambas as partes, pois eles moravam em casas separadas, conceito moderno para a época. Elsie de Wolfe foi quase igualmente conhecida por suas roupas quanto pelo trabalho como decoradora, e em 1935 foi nomeada a mulher mais bem vestida do mundo por especialistas de moda de Paris. Vale lembrar que Elsie sempre usava o que parecia melhor e mais adequado para ela, ao invés de ceder à moda da vez. Elsie de Wolfe morreu em 12 de julho de 1950 em Versalhes, França, aos 84 anos.

saaaaaaaaa

Uma amostra do ótimo trabalho de Elsie de Wolfe.

elsie_4 (Copy)

A decoradora, uma das primeiras do mundo, Elsie de Wolfe, fazendo pose.

elsie_5 (Copy)

Um dos ambientes de Wolfe, que introduziu a leveza e as cores frescas na decoração.

 vhh

Proposta de Elsie Wolfe, ainda atual.

zzzzzzz

Elsie deixou várias frases espirituosas.

elsie_8 (Copy)

Neste desenho, é possível observar um papel de parede praticamente idêntico ao de um post publicado há alguns dias em Hardecor, e muito elogiado pelos leitores. Veja aqui.

elsie_9 (Copy)

À esquerda, livro sobre o trabalho de Elsie de Wolfe, pela editora Rizzoli. Na sala de jantar, falso bambu, conceito também introduzido pela lendária profissional americana.

elsie_10 (Copy)

Outro dos projetos de Wolfe.

ewewee

Assino embaixo.

elsie_13 (Copy)

Banheiro bacanérrimo que leva a assinatura disputada da designer .

ONDE ENCONTRAR:

Papel de parede: wallpaperfromthe70s.com

Frick Collection: frick.org

via: tabulousdesign.com

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *