Clericot, drink sucesso absoluto!

Clericot, drink sucesso absoluto! A primeira vez que tomei Clericot foi em um restaurante em São Paulo com uma amiga que conheceu o drink no Uruguai, onde é bem comum, e confesso que não gostei muito. Na segunda vez que experimentei, era outra versão, e achei ótimo. Algum tempo depois fiz em minha casa uma festa grande na hora do almoço, e queria um drink diferente para servir para as mulheres. Apostei no clericot, o que foi um super acerto, até os homens tomaram e todo mundo adorou. Hoje, em quase todas as festinhas que faço, o clericot marca presença. A maioria das fontes de pesquisa indica que a bebida é de origem francesa. Uma mistura de suco de limão, brandy, xerez e soda. E, não diferente do ponche e da sangria, quando foi exportada para a Argentina e para o Uruguai – o Clericot é uma das bebidas mais pop`s em Punta del Leste -, também teve sua receita original alterada. Atualmente, as receitas mais conhecidas têm vinho branco seco, ou espumante brut como ingrediente principal. A minha receita é também uma versão e garanto a alegria dos convidados. A receita? Vamos lá!

Use jarra transparente!

Use jarra transparente!

clericot.jpg5 (Copy)

Mangas maduras.

clericot.jpg3 (Copy)

Uvas roxas.

wqww

Morangos frescos e sem os cabinhos!

clericot.jpg2 (Copy)

O clássico Cointreau.

rerre

Licor de Cassis. Se você usar um pouco mais, a bebida fica mais doce.

Ingredientes:

. 01 garrafa de Don Laurindo Brut (você pode usar outro, mas de todos os que experimentei este foi disparado o melhor)

. morangos maduros

. uvas Thompson

. 01 manga Adem ou Tommy

. Cointreau

. Licor de Cassis francês (eu uso o Jean de Dijon)

Modo de fazer:

Lave as frutas e pique a manga e os morangos em pedaços médios. Coloque as frutas em uma jarra transparente e bacana, acrescente 01 dose de licor de cassis e uma dose de cointreau. Essa mistura você pode preparar antes dos seus convidados chegarem, e na hora de servir, coloque gelo, despeje o espumante e mexa. Coloque a quantidade de frutas que quiser, e eu, como não cabe todo o espumante na minha jarra, adiciono o restante da garrafa sobre as mesmas frutas na próxima rodada. Doses mais generosas de licor deixam o drink mais forte.

donlaurindo.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *