Uma casa dentro do kibutz

A definição de kibutz: pequena comunidade economicamente autônoma com base em trabalho agrícola ou agroindustrial, caracterizada por uma organização igualitária e democrática, obtida pela propriedade coletiva dos meios de produção e da administração conduzida por todos os seus integrantes em assembleias gerais regulares. Criados em 1910 em Israel, e característicos deste país, os kibutz também marcam presença em outras localidades. Pregando o estabelecimento do Estado de Israel, o trabalho dos kibutz pode ser relacionado aos ideais disseminados no Primeiro Congresso Sionista Mundial, que levantou a questão do esforço comunitário para a criação de uma nação própria. Neste sentido, as comunidades podem ser consideradas células que representam esta ideologia. Entre outras características dos kibutz, não há circulação de moeda. Com o passar do tempo, estas comunidades sofreram diversas alterações do ponto de vista filosófico. Em um primeiro momento, eram entidades que buscavam uma renovação da sociedade e nação formada pelos judeus. Porém, atualmente, com mais de 500 comunidades deste tipo presentes em todo o território de Israel, os kibutz configuram-se como organizações complexas nos campos econômico, histórico, político e social. Apesar das mudanças, os kibutz continuam representando um sistema comunitário com características originais e passam por pressões dentro da própria sociedade israelense. Podem ser considerados como entidades marcantes da cultura de seu país, assim como serem vistos como realidades sociais coletivas e organizadas. O escritório de design israelense “Henkin Shavit”, dirigido por Irit Henkin e Zohar Shavit, foi o responsável pela reforma da casa de um casal, localizada dentro do “Kibbutz Lohamei HaGeta’ot”, ao norte  de Israel, onde o “marido” foi criado. Contemporâneo, o projeto de 200 m² atende as necessidades da família, que aposta na simplicidade e no mobiliário assinado para garantir uma morada charmosa e aconchegante.

2_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

Uma casa no kibutz. O terraço com vigas servirá de apoio para as trepadeiras.

3_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

O grande living integrado à cozinha acomoda a família.

4_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

Uma grande bancada e lugares para acomodar louças e utensílios é o sonho de todos os cozinheiros de plantão. Carvalho natural e bancada branca fazem companhia elegante aos eletros em inox.

jjj

A porta foi enferrujada/envelhecida com ácido, aspecto que se contrapõe à modernidade das linhas retas do projeto.

fdfd

Vista geral do amplo espaço de convivência.

rrrrrrrrrrrr

Madeira, concreto e vidro, sempre uma combinação acertada.

ww

Símbolo universal, a Coca Cola está presente na casa dentro de um kibutz em Israel.

kk

A decoração espartana é bastante atual e bem de acordo com o projeto. O branco foi a cor escolhida.

sdd

Projeto de iluminação cuidadoso, tapete em tons de azul, mancebo e foto bacana.

6w_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

As portas, lindas, são em ferro. Ultra simples e estilosas.

10_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

Simplicidade não tem a ver com falta de gosto ou de personalidade. Elementos tradicionais aparecem no projeto, como o piso em ladrilho hidráulico, puxadores com desenho antigo e madeira.

21_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

Mobiliário de design traz força e personalidade ao projeto.

61_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

Luz natural intensa no banheiro do casal.

71_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

A área do banheiro é delimitada pelas paredes de vidro e pelo piso com pegada antiguinha.

101_Kibbutz_House_by_Henkin_Shavit_Studio_yatzer

Na área reservada ao closet, a mesa laqueada em preto recebe iluminação especial.

henkinshavit.co.il

Fotos: Yoav Gurin

via: Yatzer, infoescola.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *